Você está em:

DMAE completa 53 anos e diretor ressalta modernização

Autarquia passou por mudanças e melhorias

O Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) comemora 53 anos de atividade no sábado, 15 de setembro. O diretor da autarquia, Antonio Roberto Menezes, destaca mudanças e a modernização dos serviços.

A história do DMAE é marcada pelos esforços de centenas de servidores que, ao longo do tempo, auxiliaram a construir o saneamento na cidade, desde tempos onde se abriam valetas sem equipamentos, na base da picareta mesmo. Hoje, continuamos a construir esta história, contando com o mesmo empenho dos servidores e com o auxílio de equipamentos de alta tecnologia. Contudo, assim como estamos substituindo as redes antigas ainda em amianto, por redes em polietileno de alta densidade, temos que modernizar também toda a nossa estrutura administrativa e operacional, que é o objetivo deste projeto em tramitação na Câmara”, ressalta, mencionando o projeto de reestruturação administrativa, que foi objeto de audiência pública na última quarta feira, 12, na Câmara Municipal.

“Poderíamos ficar no comodismo de conviver com estruturas ultrapassadas que só prejudicam o andamento das nossas operações e, principalmente, os servidores. Mas optamos por fazer as mudanças que estavam há anos nas gavetas, em projetos terceirizados que consumiram recursos públicos e não avançaram”, diz Menezes.

O atual projeto de reforma administrativa foi elaborado por servidores do DMAE, o Alex Toledo Siqueira e o José Valdeci Leda, e resultou em um trabalho de extrema qualidade técnica, após centenas de horas de dedicação e de muitas reuniões com todos os setores do DMAE. Ele não é um trabalho de gabinete e, sim, fruto de muitas conversas e de transparência, incluindo o próprio Sindicato da categoria”, prossegue.

“Temos a convicção de que ele será aprovado pelo Legislativo, pois não defende interesses particulares e, sim, a coletividade, que deseja e merece um DMAE ainda mais atuante, moderno, compromissado com o saneamento de nossa cidade”, acrescenta.

ETE-1

O diretor destaca também a obra da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE 1, a ser inaugurada em 2019. As obras continuam em andamento e, agora, nos dias , 2 e 3 de outubro, teremos as concorrências internacionais para aquisição dos equipamentos necessários para a conclusão e entrada em operação da ETE 1. Esta obra é uma das maiores já realizadas pelo DMAE ao longo da história e que vai tratar 70% do esgoto gerado no município, somando este total aos outros 30% que tratamos atualmente, colocando nossa cidade no seleto grupo de cerca de 10% das cidades brasileiras que tratam 100% do seu esgoto”, informa.

História

A história da autarquia remonta ao início do século 20, quando, em 1908, foi instituída a Companhia de Serviços Termais com a finalidade de administrar os serviços de saneamento básico de Poços de Caldas, com os primeiros reservatórios edificados e a primeira malha de rede de água, construída e canalizada.

Já em 1927, foi criada a Superintendência dos Serviços Termais, que incluiu no projeto a ampliação dos serviços termais e de saneamento básico, realizado pelo engenheiro Francisco Saturnino de Brito.

Em 1943, foi construída a primeira Estação de Tratamento de Água (São Benedito) e no dia 15 de setembro de 1965, a Repartição de Água e Esgoto foi transformada no Departamento Municipal de Água e Esgoto – DMAE.

Telefone

(35) 3697-5000

Endereço

Avenida Francisco Salles, 343, Poços de Caldas - 37701-013

Funcionamento

09:00 às 18:00h de seg. a sex.

ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Secretaria Municipal de Comunicação Social