Você está em:

Evento “Vivências Afro-brasileiras” segue até dia 30

Abertura foi realizada na última sexta-feira (24), na PUC Minas

Segue até 30 de maio a quarta-edição do “Vivências Afro-brasileiras”. A extensa programação, que teve início na última sexta-feira (24), engloba formação de professores, palestras, atividades diferenciadas com os estudantes, momentos de encontros e oficinas com grupos de capoeira.

O evento é a maior e mais importante ação da Secretaria Municipal de Educação para trabalhar com as leis que asseguram a necessidade e a importância de se considerar a história e a cultura afro-brasileira nos conteúdos escolares.

A culminância será realizada no Espaço Cultural da Urca, nos dias 29 e 30 de maio, com o tema “Capoeira, festejos e saberes”. Alunos e professores de oito unidades escolares da rede municipal e uma escola particular onde atuam o Professor Luiz Henrique, o contramestre Kong, idealizador da proposta, o Mestre Senna e seus mestres e professores formados por ele.

O “Vivências afro-brasileiras” dá continuidade às ações que visam a implementação de uma educação verdadeiramente democrática, fomentando os estudos voltados às questões da diversidade étnica e cultural afro-brasileiras e indígenas na educação básica, em consonância com as Leis 10.639/2003 e 11.645/2008.

“O evento chega a sua quarta edição, neste ano fazendo um diálogo com o mês de maio, inclusive com apresentação de congada no encerramento. O Mestre Valdenor estará conosco e a expectativa é muito positiva pela experiência que ele tem com formação de professores e também pela atuação nas questões da história e cultura da Capoeira e das raízes afro-brasileiras”, destaca o coordenador do Centro de Referência do Professor, Cleiton Corrêa.

Evento, que está na quarta edição, valoriza a tradição da capoeira

No dia 28 de maio, terça-feira, das 18h às 20h, no Salão Norte do Espaço Cultural da Urca, haverá estudo coletivo com a palestra “Capoeira e relações étnico-raciais na educação”, com mestre Valdenor, voltada para educadores das escolas participantes.

No dia 29, nos períodos da manhã (início às 8h) e tarde (início às 13h30), serão realizadas diversas atividades com professores e alunos, com palestras e oficinas. Ainda no dia 29, das 19h às 22h, haverá palestra com o Mestre Valdenor, com o tema “Capoeira e relações étnico-raciais na educação”, aberta ao público, no Teatro Benigno Gaiga.

O encerramento do evento será no dia 30, com mesa de abertura às 8h, seguida de apresentações artísticas, fala do Mestre Valdenor, aulão de capoeira e almoço no Restaurante Popular. Ainda no dia 30, haverá o Festival de Orquestra de Berimbau, das 12h45 às 14h15 e Jogo de Dentro.

Para conhecer o evento e toda a programação em detalhes, acesse: https://sites.google.com/view/vivenciasafrobrasileiras/.

 

Telefone

(35) 3697-5000

Endereço

Avenida Francisco Salles, 343, Poços de Caldas - 37701-013

Funcionamento

09:00 às 18:00h de seg. a sex.

ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Secretaria Municipal de Comunicação Social