Você está em:

Seminário debate possibilidades para pessoas com deficiência

Atores Ariel Goldenberg e Pedro Baião dividiram o palco na palestra “Arte, emprego e down” (Foto: Michelle Veloso)

O II Seminário da Pessoa com Deficiência, realizado na última sexta-feira (6), no campus do Instituto Federal do Sul de Minas, reuniu um excelente público para debater o tema “Arte, trabalho e possibilidades para as pessoas com deficiência intelectual e autismo”.

Palestrantes com síndrome de down e autismo apresentaram suas experiências, ativistas da luta pela inclusão das pessoas com deficiência puderam trocar experiências, profissionais da rede de atendimento a esse público tiveram a oportunidade de refletir sobre a prática cotidiana e sobre o aperfeiçoamento das políticas públicas e pessoas não deficientes puderam se colocar no lugar de cadeirantes, por exemplo, para vivenciar as dificuldades do dia a dia.

Organizado pela Secretaria Municipal de Promoção Social, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e com as instituições que compõem a Rede da Pessoa com Deficiência, o evento finalizou o ciclo de seminários das redes de articulação em 2019 e marcou o Dia Internacional de Luta das Pessoas com Deficiência, celebrado em 03 de dezembro, data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em outubro de 1992.

Pedro Rosengarten Baptista, que é autista, ministrou a palestra “Políticas Públicas e as pessoas com deficiência” (Foto: Michelle Veloso)

“O evento é o ponto alto para finalizar o ano das atividades do Conselho. Trouxemos convidados de destaque para mostrar que a pessoa com deficiência pode ser o que ela quiser: artista, esportista, enfim, a carreira que escolher”, ressaltou o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conpede), Márcio Augusto Scherma. “É uma alegria muito grande ver esse auditório lotado. É o segundo ano que temos a casa cheia”, celebrou.

O II Seminário da Pessoa com Deficiência foi uma realização da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Promoção Social, Redipede, Autarquia Municipal de Ensino, APAE, AADV e Adefip, com apoio da AACD, IFSULDEMINAS, Hotel Lisboa e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDESE).

“O evento proporcionou a todos nós não só o conhecimento, mas a vivência sobre as questões de inclusão e pertencimento. A garantia de direitos das pessoas com deficiência faz parte do nosso trabalho e esses momentos de reflexão são de grande importância”, destacou a secretária municipal de Promoção Social, Luzia Teixeira Martins.

Ela enfatizou também a relevância do trabalho em rede que vem sendo articulado no município, especialmente a REDIPEDE, que integra os serviços que atendem pessoas com deficiência em Poços de Caldas. Com coordenação da Secretaria Municipal de Promoção Social, a rede tem como objetivo articular os setores do poder público e da sociedade civil no sentido de promover políticas públicas, desenvolver ações e pensar atividades e serviços para esse público.

O diretor regional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Nelson Maure, também destacou a relevância do trabalho em rede. “Discutir as políticas públicas em rede é muito importante para pensarmos em intersetorialidade, na união de todos os setores: instituições, estado, município, educação, saúde”, afirmou.

O vice-presidente da Câmara, vereador Gustavo Bonafé, representou o Legislativo no evento. “Esse momento se torna único a partir do momento em que reúne o que temos de melhor da nossa cidade, como os conselhos, instituições, novas iniciativas que vêm surgindo na área, o poder executivo, os parceiros, todo mundo que tem atuado fortemente em busca de melhorias e de novas políticas públicas”, discursou.

Já o secretário municipal de Saúde, Carlos Mosconi, disse que a Secretaria de Saúde é parceira em todas as ações voltadas à pessoa com deficiência.

Programação contou com vivências sobre os vários tipos de deficiência (Foto: Michelle Veloso)

Arte e down
Os atores Ariel Goldenberg, do filme Colegas e da novela Chiquititas (SBT), e Pedro Baião, da novela O tempo não para (Globo) dividiram o palco na palestra “Arte, emprego e down”. “Foi uma experiência incrível e o que eu tenho que dizer é muito obrigado”, resumiu Pedro. “Foi uma oportunidade única e espero que eu possa ter mais trabalhos para frente, não só como palestrante como também como ator”, disse Ariel.

O evento também contou com a palestra “Políticas Públicas e as pessoas com deficiência”, com Guto Maia, professor multidisciplinar de alunos PCD’s, pesquisador de educação inclusiva há cerca de 20 anos, ativista do aperfeiçoamento dos protocolos da inserção de inclusivos no mercado de trabalho e seu filho autista Pedro Rosengarten Baptista.

A palestra “A patologização da infância e o autismo”, com a Dra. Maria Cristina Kupfer, mestre, doutora e livre-docente em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo, fechou a programação do evento.

Confira os cliques da fotógrafa Michelle Veloso, que transformou as atividades do seminário em arte por imagens.

Telefone

(35) 3697-5000

Endereço

Avenida Francisco Salles, 343, Poços de Caldas - 37701-013

Funcionamento

09:00 às 18:00h de seg. a sex.

ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Secretaria Municipal de Comunicação Social