Você está em:

Flipoços 2022 divulga balanço e contabiliza público de 50 mil pessoas

De 03 a 11 de setembro, Minas Gerais sediou um dos mais importantes encontros de literatura do Brasil, o 17º Festival Literário Internacional de Poços de Caldas (Flipoços). Com uma programação que apresentou nomes como o de Daniel Munduruku, Nelson Motta, Eduardo Bueno, Caetano Galindo, Jorge Caldeira, Ney Matogrosso e Cristóvão Tezza, o evento promoveu debates, shows, oficinas, workshops, lançamentos, intervenções para o público infantojuvenil, mesas e palestras noturnas com alguns dos maiores nomes do pensamento crítico e das artes no país e exterior.

Ao todo, foram 184 atrações culturais, além de um espaço dedicado à gastronomia, às crianças e o Circuito Pegada Literária (atividades descentralizadas do local do evento) integraram a agenda. De acordo com a organização, depois das edições em formato virtual em função da pandemia, a programação deste ano foi cuidadosamente preparada para atrair um público extremamente amplo e, assim, o evento recebeu cerca de 50 mil pessoas, contabilizando resultados extremamente positivos, que se refletiram social, cultural e economicamente.

Balanço Flipoços 2022
De acordo com a curadora do evento, Gisele Ferreira, o 17º Flipoços teve como resultados:
• Recepção de cerca de 500 ônibus de mais de 100 cidades da região.
• Distribuição de 16.500 vales-livros para a rede de escolas estaduais.
• Cerca de 150 cidades visitantes.
• Cerca de 80 empregos diretos e 300 indiretos.
• Aproximadamente R$ 2,5 milhões em vendas e negócios realizados na Feira.
• Taxa de ocupação de hotéis de aproximadamente 80%, além da plataforma AirBnb.
• Cerca de R$ 4 milhões de movimentação na economia local.

Segundo a curadora do Festival, Gisele Ferreira, o resultado do Festival e da Feira foi importante para mensurar a volta ao presencial. “Ainda sentimos no geral que a carga máxima tanto de visitação quanto de vendas se dará realmente a partir do ano que vem. Mas foi sensacional sentir e ver a alegria, sobretudo, das crianças e jovens, aproveitando para comprar seus livros e curtindo a variedade de atividades oferecidas”, destaca.

Com uma programação rica, eclética, diversificada e para todos, o Flipoços nessa retomada ao presencial abordou várias efemérides como o Centenário de José Saramago, 100 Anos da Semana de Arte Moderna, Bicentenário da Independência, dentre outros. Mas o centro das discussões foi baseado na temática “Letras e Música, a Sinfonia da Literatura”, com a presença incrível e generosa de vários representantes da área no Brasil.

A começar pela presença “doce” de um dos integrantes e fundadores do Clube da Esquina, Márcio Borges, que recebeu a homenagem pelo grupo e participou de mesa de bate papo. “Para mim é uma felicidade muito grande estar no Flipoços nesse ano que juntaram a literatura e a música, duas coisas que tanto amamos. Receber uma homenagem pelos 50 anos do Clube da Esquina foi muito emocionante, ainda mais nessa cidade de Poços que tanto amo e que guardo lindas recordações”, enfatizou Borges. Para a homenagem ao Patrono do Festival, Milton Nascimento, o representante foi Zé Ibarra, jovem e talentoso músico, que tem acompanhado Milton na “Ultima Sessão de Música”.

E para fechar com chave de ouro a temática central do Festival que, ao longo dos nove dias, enalteceu a música e as letras musicais na literatura, o Flipoços recebeu o cantor e grande artista Ney Matogrosso, que participou de duas atividades: bate papo sobre o livro – “Ney, a biografia”, escrita pelo jornalista Júlio Maria e do bate-papo sobre o filme “Ney, a flor da pele”, roteirizado pelo cineasta Felipe Nepomuceno. Ambas atividades emocionaram o público e confirmaram Ney como um artista plural, genuíno e incomparável.

Já com data marcada para acontecer de 29 de abril a 07 de maio de 2023, abrindo o calendário nacional, a 18ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas e o Flipoços 2023 serão realizadas em espaço aberto, no centro da cidade, próximo a grandes e lindas praças da cidade que serão ocupadas por parceiros e muitas novidades. “A nossa feira é muito procurada por editoras e livreiros. Temos uma grande tradição de ótimas vendas e bons negócios, com isso, a cada ano aumenta o número de interessados em estar conosco. Estamos preparando desde já muitas mudanças e a ampliação no projeto, levando a Feira o Festival para um espaço aberto. Certamente a cidade estará mais integrada e o público visitante poderá desfrutar melhor dos eventos e das belezas da nossa cidade”, enfatiza Gisele Ferreira, curadora e idealizadora do Flipoços.

Todas as atividades e mesas do festival podem ser acessadas pelo canal no YouTube https://www.youtube.com/feira-flipocos e em breve todos os registros fotográficos estarão no site www.flipocos.com.

 

 

 

Telefone

(35) 3697-5000

Endereço

Avenida Francisco Salles, 343, Poços de Caldas - 37701-013

Funcionamento

09:00 às 17:00h de seg. a sex.

ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Secretaria Municipal de Comunicação Social