Você está em:

Seminário debate enfrentamento da violência contra a mulher

Presidente do Conselho da Mulher, Edna Leite Ramos, fez um alerta sobre o número de mulheres vítimas de violência (Foto: Nayara Carvalho)

“É com prazer e alegria que estou aqui, mas é também com tristeza de pensar na quantidade de mulheres que morrem todos os dias. Enquanto estamos falando aqui, várias mulheres estão sendo espancadas, estupradas e assassinadas. É importante que a gente tenha consciência de que estão nos matando”, alertou a presidente do Conselho da Mulher, Edna Leite Ramos, durante a abertura do I Seminário sobre Enfrentamento da Violência Contra a Mulher, realizado na última sexta-feira (29), no auditório do Instituto Federal do Sul de Minas.

Com o tema “A contextualização histórica da violência contra a mulher e a construção das políticas públicas”, o seminário marcou uma semana voltada para ações de ativismo em prol dos direitos das mulheres em todo o mundo, com início no dia 25 de novembro, Dia Internacional do Enfrentamento à Violência contra a Mulher, e encerramento em 29/11, Dia Internacional das Mulheres Defensoras dos Direitos Humanos, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A advogada, professora e mestre em Educação, Ellen Lopes, foi uma das palestrantes (Foto: Nayara Carvalho)

A diretora técnica da Secretaria Municipal de Promoção Social, Valéria Dias Castilho, destacou que o evento foi pensado para acontecer exatamente nesta semana. “O seminário é voltado a pessoas que lidam com a questão no dia a dia, proporcionando o aprimoramento técnico para que possamos melhorar continuamente o atendimento à mulher vítima de violência. Essa semana é um marco dentro da luta contra a violência contra a mulher”, informou.

A coordenadora de Proteção Social Especial de Média Complexidade, Caroline de Souza, responsável pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), que presta atendimento a mulheres vítimas de violência no município, destacou a relevância do seminário. “É fundamental discutirmos essa temática tão importante. Esses momentos de troca e reflexão são importantes para sensibilizar a comunidade e os atores que trabalham com esse público”, disse.

Também presente ao evento, o diretor regional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Nelson Maure, agradeceu a Prefeitura por disponibilizar espaço de participação a representantes dos serviços de assistência social dos municípios que integram a regional de Poços. “Esse momento vale para refletirmos o nosso papel enquanto sociedade e enquanto poder público sobre o que temos feito para minimizar a situação da violência contra a mulher”, avaliou.

Um dos palestrantes do seminário foi o psicólogo e sociólogo Flávio Urra, que coordena o Programa “E Agora, José?” (Foto: Nayara Carvalho)

E agora, José?
Um dos palestrantes do seminário foi o psicólogo e sociólogo Flávio Urra, mestre em Psicologia Social pela PUC-SP, com especialização em Violência Doméstica pelo Lacri-Usp. Ele coordena o Programa “E Agora, José? Pelo fim da violência contra a mulher”, voltado para homens condenados pela Lei Maria da Penha. “A Justiça determina que eles passem por uma pena alternativa, num processo de reflexão para pensarem no que fizeram, se responsabilizarem e não cometerem mais violência no futuro”, explicou Urra.

O objetivo do encontro foi promover o debate de forma a fortalecer o trabalho intersetorial junto às mulheres que vivenciam situação de violência na cidade, buscando a promoção dos direitos deste público, bem como criar estratégias conjuntas para o protagonismo e o empoderamento feminino.

Também ministraram palestras a advogada, professora e mestre em Educação, Ellen C. Oliveira Lopes; a psicóloga social e clínica e doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFMG, Tayane Rogeria Lino; e a psicóloga e doutora em Psicologia Social pela PUC/SP, com pós-doutorado em Psicologia pela UFRJ, Maria Ignez Costa Moreira.

O I Seminário sobre o Enfrentamento da Violência contra a Mulher é uma realização da Rede Mulher e Gêneros, Associação Fonte de Vida Nova e Secretaria Municipal de Promoção Social, com apoio da diretoria regional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDESE).

Confira imagens do evento registradas pela fotógrafa Nayara Carvalho.

Telefone

(35) 3697-5000

Endereço

Avenida Francisco Salles, 343, Poços de Caldas - 37701-013

Funcionamento

09:00 às 18:00h de seg. a sex.

ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Secretaria Municipal de Comunicação Social