Você está em:

Trabalho da Vigilância Ambiental na pandemia é tema do Hora da Saúde

A pandemia do Novo Coronavírus alterou as rotinas de muitos serviços de saúde e os profissionais tiveram que se adaptar para manter os atendimentos que são essenciais. O trabalho da Vigilância Ambiental, setor que faz parte da Secretaria Municipal de Saúde, foi o tema do programa “Hora da Saúde”, pela Libertas FM 99,5, na última quinta, 12. O entrevistado foi Jorge Miguel Ferreira do Lago, coordenador da Vigilância Ambiental, que explicou sobre a continuidade do trabalho dos agentes de endemias, que visitam as casas. Durante a pandemia, a orientação é para que os agentes não entrem nas residências, vistoriando prioritariamente áreas externas, quintais e mantendo o distanciamento de segurança de outras pessoas. Todos os profissionais portam o álcool gel 70% para higienização das mãos. Atividades de bloqueio de transmissão, além de monitoramento de pontos estratégicos e atendimento às denúncias continuam sendo feitas pela Vigilância Ambiental. A prevenção de arboviroses, como dengue, zika e chikungunya, é permanente. Evitar acúmulo de lixo, entulho e água parada é a melhor maneira de evitar a proliferação do mosquito Aedes. 

Na entrevista, Jorge Miguel também falou sobre o trabalho do CCZ – Centro de Controle de Zoonoses, o Programa de Castração de Cães e Gatos e sobre a vacinação antirrábica que começou na semana passada, pela zona rural. Para este ano, a estimativa é imunizar 22.935 animais: 20.338 cães e 2.597 gatos. A partir do dia 20, a Campanha passa a ser realizada também na zona urbana, com drive thru em cinco locais diferentes, postos fixos e itinerantes em todas as regiões da cidade: leste, oeste, sul e central, além da vacinação no Hospital Veterinário da PUC, na zona oeste e na AAPA – Associação de Amigos e Protetores dos Animais, na zona sul.

Denúncias ou casos que mereçam a visita dos agentes de endemias podem ser registrados na Ouvidoria Municipal de Saúde, pelo 0800-283-0324, atendimento com ligação gratuita, de segunda a sexta, das 8h às 17h. O contato também pode ser feito pelo telefone da Vigilância Ambiental: 3697-5977. As solicitações ainda podem ser registradas pelo aplicativo e-Ouve, disponível para download nos serviços de distribuição digital de aplicativos (basta digitar eOuve) ou pelo site http://pocosdecaldas.eouve.com.br. O link pode ser acessado também na página inicial da Prefeitura (www.pocosdecaldas.mg.gov.br).

A jornalista Aline Fallaci; o radialista Luiz Ângelo; e o coordenador da Vigilância Ambiental, Jorge Miguel

Hora da Saúde

A atração semanal, com uma hora de duração, é transmitida toda quinta, das 15h às 16h. Entrevistas ao vivo, esclarecimento de dúvidas e a cada quinta-feira, um tema diferente, sempre ligado à saúde, prevenção e pandemia da Covid-19. A apresentação é feita pela jornalista Aline Fallaci, gerente da Seção de Controle de Qualidade de Atendimento, da Secretaria Municipal de Saúde. O ouvinte pode interagir, mandando sua pergunta, pelo telefone 3721-9494. A Libertas é sintonizada em 99,5 FM e também na internet em www.libertas.pocosdecaldas.mg.gov.br.

Telefone

(35) 3697-5000

Endereço

Avenida Francisco Salles, 343, Poços de Caldas - 37701-013

Funcionamento

09:00 às 18:00h de seg. a sex.

ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Secretaria Municipal de Comunicação Social